Oferecimento
O polonês Lukasz Kubot (à esquerda) e o brasileiro Marcelo Melo (à direita) venceram a final masculina de duplas, em Wimbledon, em partida que durou quase cinco horas

Londres – O polonês Lukasz Kubot (à esquerda) e o brasileiro Marcelo Melo (à direita) venceram a final masculina de duplas, em Wimbledon, em partida que durou quase cinco horasFacundo Arrizabalaga/EPA/Lusa/direitos reservados

Ao lado do polonês Lukasz Kubot, o brasileiro Marcelo Melo venceu a final de duplas do tradicional torneio de Wimbledon, em Londres, na Inglaterra. Após quase cinco horas de partida, os dois tenistas derrotaram o austríaco Oliver Marach e o croata Mate Pavic por 3 sets a 2. Com a vitória, Marcelo Melo traz para o Brasil a primeira conquista de uma chave profissional do Grand Slam desde 1968, quando Maria Esther Bueno venceu a final feminina.

Em uma partida concorrida e disputada a cada game, o brasileiro e o polonês perderam o primeiro set, mas foram buscar o empate logo em seguida. O equilíbrio se manteve nos sets seguintes, com novas vitórias de cada lado, o que acabou levando o jogo para o desempate no quinto e último set, quando Marcelo Melo e Lukasz Kubot derrotaram os adversários por 13 games a 11, totalizando 4 horas e 39 minutos de jogo.

Desde a semifinal, o tenista mineiro já havia retornado ao posto de primeiro lugar do mundo, com 8420 pontos no ranking, posição que ocupou durante 26 semanas em 2015. Melo disputou o Grand Slam em 2013, mas ficou em segundo lugar fazendo dupla com o croata Ivan Dodig. Vencedora de 19 títulos de Grand Slam, a tenista brasileira Maria Esther Bueno é o maior nome da história do tênis feminino brasileiro.

– 

Paulo Victor Chagas – Repórter da Agência Brasil